Bom fado no Cartaxo

Podemos ler em muitas dezenas de crónicas que Rui Salvador “andou com entrega”, esteve “esforçado”, andou “empenhado” etc… São escritas e repetidas muitas vezes e na grande maioria, essas palavr…

Montemor e a Feira da Luz

O termómetro não apontava temperatura “por aí além” – 33 graus celsius não são nada para o típico calor alentejano. Mas o sol não estava para dar tréguas e ao longo da primeira parte da corrida a inve…

“Os Golias e David” em Alandroal

Toda a gente conhece a passagem bíblica de “David e Golias” que relata a história de um jovem que, contra todas as probabilidades, venceu o confronto contra um gigante. A metáfora é tudo menos perfeit…

10º Ano de Grândola

Grândola preencheu cerca de ¾ das bancadas da portátil de Possidónio Matias, responsável pela organização desta que foi a sua 10ª corrida da “Feira de Agosto”. Chegámos cedo e já um simpático sistema …

A morna de São Manços

Toca o cornetim para a pega e de imediato o burburinho do bom ambiente das bancadas de São Manços se transforma em silêncio. Só a voz do forcado, contemplativo no cite: o homem e o toiro. O forcado ci…

Surpreendente Pablo

Não se pode falar de Pablo Hermoso de Mendoza sem falar do arranjo da sua quadra. Sobre arranjo dos cavalos para o toureio, escreveu Fernando Sommer de Andrade, no seu III volume do Toureio a Cavalo: …

A mística de Canas na segunda de Samora

O carisma é como o jazz, fácil de identificar mas muito difícil de descrever. Pode desenvolver-se e trabalhar-se mas é qualquer coisa que “é ou não é” e que não se fabrica – antes nasce por acaso, de …